car transporter breakdown lorry during working using locked belt transport other green car for repairing at car center in a bangkok city thailand

Estradas: as festas de fim de ano são um prato cheio para acidentes

Com pandemia ou não, muitas famílias vão viajar para curtir o Natal e Ano Novo. Além dos carros de passeios, tem as empresas que não param. Somado a isso estão o cansaço, a falta de manutenção, as estradas ruins e muita imprudência. Como evitar que esses desastres anunciados aconteçam?

car transporter breakdown lorry during working using locked belt transport other green car for repairing at car center in a bangkok city thailand

Entre o Natal e o Ano Novo de 2019, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou 1.997 acidentes e 167 mortes nas estradas. Foram 4.986 infrações, apenas no período da passagem de ano. Esses números exorbitantes podem ser evitados com educação no trânsito e tecnologia, e as duas soluções caminham juntas.

Daniel Schnaider, presidente, especialista em tecnologias disruptivas e gestão de frota na Pointer By PowerFleet Brasil, ressalta a importância de soluções que contribuam com o trânsito e deixa o alerta principalmente às empresas que trabalham nesse período de festas.

Precisamos utilizar a tecnologia a nosso favor. São inúmeras formas de manter a segurança no trânsito que pode acabar com esses acidentes e mortes evitáveis. Na palma da mão temos recursos como IoT, softwares, plataformas, aplicativos, inteligência artificial e outros diversos serviços prestados que podem assegurar uma viagem tranquila para quem está saindo de férias, ou mesmo trabalhando.

As pessoas não imaginam o quanto a IoT pode contribuir para resolver a problemática das estradas, mas Schnaider explica todas as vantagens e ressalta que cada vez mais vê esses recursos como itens obrigatórios, assim como o cinto de segurança.

Prevenção

 – Driver feedback: as pessoas precisam saber como estão dirigindo. Uma plataforma que indica quais são os movimentos perigosos como ultrapassagens indevidas, distância segura do veículo da frente ou mesmo comportamentos dentro do carro que podem causar desatenção, é essencial para evitar acidentes.

– Manutenção: existem aquelas que são feitas anualmente mas tem falhas mecânicas que pegam o condutor desprevenido. E para minimizar os danos que não estão evidentes, existem dispositivos que são acoplados e conseguem scanear possíveis defeitos no carro, isso é o futuro. Inclusive, podem indicar combustível alterado, que com certeza irá prejudicar o desempenho do veículo com o passar do tempo.

– Rotas: dizem que tão importante quanto você saber dirigir é saber para onde irá e o que vai encontrar no percurso. Traçar caminhos seguros e saber em quais condições estão as vias que irá percorrer é um grande passo para que consiga evitar possíveis incidentes. É necessário saber como está a infraestrutura da via, detectar problemas na sinalização do local, buracos, avisos de possíveis obstáculos, rotas precárias em dias de chuvas ou até mesmo outras situações desafiadoras.

Uma vez que a colisão aconteceu, Schnaider chama a atenção para o pós-acidente e como a tecnologia também é eficiente nestes casos.

Acidente:

Tempo de resgate: os sensores detectam a colisão e neste momento podem acionar o resgate e/ou a ambulância mais próxima para que a ajuda chegue mais rápido ao local e com os aparelhos corretos para aquele tipo de resgate, por exemplo. Desta forma a ajuda será mais eficaz e, com certeza, salvará mais vidas.

Causa do acidente: muitas vezes levam-se dias ou meses para chegar à conclusão do que causou uma tragédia. Demanda investimento público e tempo de funcionários que muitas vezes precisarão voltar ao local e obstruir a via para investigar o que ocorreu. Os dispositivos instalados nos carros podem detectar imediatamente o motivo do acidente, reconstituir a situação e chegar a uma conclusão com mais rapidez.

Podemos ver diversas formas de como a tecnologia pode ajudar para que as festas de final de ano não se tornem um desastre para muitas famílias. Por enquanto, esses recursos são utilizados e incentivados por empresas, que são uma grande parte do trânsito nas estradas, mas Schnaider prevê um futuro muito melhor se a tecnologia passar a ser também uma visão de segurança pública para que todos os carros estejam protegidos e seguros com a IoT.

Daniel Schnaider é CEO da Pointer by Powerfleet Brasil, líder mundial em soluções de IoT para redução de custo, prevenção de acidentes e roubos em frotas. Integrou a Unidade Global de Tecnologia da IBM e a 8200 unidade de Inteligência Israelense. É jornalista, autor e economista pela universidade Haptuha de Israel e pioneiro do comércio eletrônico e pagamento digital.

Fonte: Fernanda Baruffaldi/Enxame de Comunicação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?