Diário de Bordo
01/01/1970
Tempo de leitura: 4 minutes

O “turismo de isolamento” é uma das maiores tendências no ramo de hotelaria ultimamente. Caracterizado por aluguéis de temporada e uma maior preocupação com a privacidade dos hóspedes, este setor cresceu exponencialmente durante a pandemia. Com localizações em ilhas particulares, praias isoladas e recantos turísticos, estas acomodações oferecem experiências exclusivas a seus hóspedes.

De fato, a plataforma de aluguéis por temporada Airbnb constatou um aumento de 150% na procura por acomodações em 2020. Já a Booking.comapontou um aumento de 40% nas buscas por hospedagens não-tradicionais (casas, apartamentos, vilas, chalés) entre os turistas brasileiros.

Se interessou por este tipo de viagem? Listamos 5 destinos que oferecem o melhor da privacidade e do conforto:

 

1 – Villa Bom Jardim

Localizada na cidade turística de Paraty – RJ, a Villa Bom Jardim é uma casa com 7 amplas suítes, todas com amenidades como ar-condicionado espaço gourmet. A apenas 10 minutos de barco do Centro Histórico da cidade, a Villa Bom Jardim também é rodeada por partes intocadas da Mata Atlântica.

2 – Casa de Barco

Em São Sebastião, reconhecida por ter algumas das mais belas praias do litoral norte paulista, esta casa de dois quartos, que comporta até quatro pessoas, é rodeada pela Mata Atlântica e pela vegetação do Parque Estadual da Serra do Mar.

3 – Cabana do Mar

A Cabana do Mar é um dos destaques de Ilhabela. A ilha paradisíaca, também no litoral norte, é famosa por sua visão privilegiada do oceano e pelo céu azul. A Cabana, localizada às margens do Parque Estadual Ilhabela, oferece apenas um quarto com limite para quatro hóspedes.

4 – Casa Raízes

A Casa Raízes é um dos 5 bangalôs do condomínio residencial Casamar Ilhabela. Ideal para casais em busca de conforto privacidade e conforto. O imóvel conta com uma piscina com vista para ao mar sendo localizado no início das trilhas para o Parque Estadual e a Cachoeira da Laje.

5 – Casa Carlota

A propriedade com visual rústico, mas que conta com todos os confortos modernos, possui três quartos com vista para o mar e pode comportar até 8 pessoas. O imóvel ainda tem a cozinha toda equipada e conta com conta com churrasqueira, fogo de chão e piscina em sua área externa.

 

Sobre a Pousada do Sandi:

O casarão do século XVIII que abriga a Pousada do Sandi já foi a Casa da Moeda, durante o ciclo do ouro, e a primeira escola de Paraty. A construção colonial estava abandonada, em meados dos anos 80, quando o empresário Alexandre Adamiu se apaixonou por sua esposa, Sandra Foz, e pela cidade que ela amava.

Grande empresário do cinema, presidente da Paris Filmes, Alexandre era também um visionário. Conta-se que foi em uma noite alegre, entre amigos, pelos bares da cidade, que ele decidiu arrematar o casarão, que reúne um conjunto de seis casarões, em uma esquina, no coração do Centro Histórico. Depois de uma longa reforma, ele presenteou Sandra com a Pousada do Sandi, perto de 1990. A pousada foi batizada em homenagem ao filho único do casal.

A Pousada do Sandi já nasceu como uma estrela. Alexandre teve ainda a ideia incluir um anúncio da pousada nas fitas VHS distribuídas pela Paris Filmes. Foi um sucesso. A Pousada do Sandi logo se tornou uma referência no imaginário dos brasileiros. Há dez anos, o próprio Sandi e sua mãe, Sandra, assumiram a administração da pousada, conservando a tradição do bem receber e a vontade de inovar e se renovar, sempre.