A vida pode ser mais

Diário de Bordo
21/08/2022
Tempo de leitura: 3 minutes

Mais leve, mais livre, mais prestigiosa e mais o que você quiser adicionar à sua. Trabalhando com a construção de saúde mental, percebi que o maior problema que as pessoas passam é a sua insegurança. Elas ficam inseguras se seus cônjuges as amam de verdade ou se buscam outra pessoa em segredo. Elas ficam inseguras se o seu trabalho vai prosperar ou se está prestes a quebrar. Elas ficam inseguras se são realmente interessantes ou se devem apenas fingir para os outros as suas qualidades.

A vida pode ser mais, sempre mais, mas tendemos a segurá-la por medo do que pode ser. Afinal de contas, se pode ser mais, também pode ser menos, não? O medo do risco, do resultado negativo, é o que mais prende as pessoas dentro de si, dentro de seu passado e dos seus fantasmas das histórias de terror que vivenciaram há anos atrás.

Acredito eu que você também tem as suas inseguranças, que estão te travando das conquistas que você tanto sonha dentro de si. Estou certo? Pois bem, eu venho te trazer uma boa notícia. Assim como esse problema surge dentro de você, a resposta também se encontra por aí. O que separa quem consegue resolver esses problemas de quem passa semanas, meses ou até anos nesse limbo, é a coragem de não fugir, mas de olhar de frente com aquela curiosidade de quando você era criança e queria aprender mais sobre o mundo. Desta vez, aprender mais sobre você e suas potencialidades na vida.

A resposta está sempre dentro, nunca fora. Às vezes, perdemos essa noção, pois a vida é tão bela nas suas imagens, formas e sensações, que não olhamos para dentro e desconhecemos nossos pontos cegos. Quando tentamos inverter isso, o que acontece? A confusão surge, a ansiedade bate, o medo aumenta e deixamos para depois, porque parece impossível dar conta sozinho.

E aí vem o meu contraponto, você não precisa dar conta sozinho. Muitas pessoas chegam para mim com receio de pedir direções, por acharem que isso é bobagem. Elas não percebem a importância de ter alguém perto que conhece esses caminhos e pode guiá-las em sua jornada. A vida até muda sem resolver as inseguranças, mas pouco avança, porque não foi resolvido o que estava pendente. Foi simplesmente procrastinado, até o momento em que essa bolha estoura. É neste momento que surge a depressão, as crises de ansiedade ou o burnout.

Saúde mental não é apenas não possuir uma doença, mas é ter controle e saber lidar com as suas questões emocionais com maior propriedade e eficácia. Sem ela, você literalmente não sai da cama.

Nome: Bernardo Tietze
Meu contato: (51) 98504-7182
Meu e-mail: bernardo.tietze@gmail.com
Instagram: @pensamental