Alfabetização na pandemia – dica aos pais e desafios no ensino remoto

Atualmente, vivendo um cenário de pandemia que nos acompanha há mais de um ano, observamos muitas crianças com dificuldade na aprendizagem e principalmente na alfabetização. A fase da alfabetização é, sem dúvidas, uma das mais importantes de toda a vivência escolar do estudante e já estamos finalizando e primeiro semestre letivo ainda praticamente de casa.

O principal desafio nesse período foi escolas e famílias terem se reinventado, visando criar novas estratégias para atingir as crianças e aprender como alfabetizar a distância. “E, neste ano, foi maior ainda porque muitas crianças não cursaram a educação infantil e, com isso, tivemos que retomar aprendizagens e adaptar tudo”, comenta a psicopedagoga Edilaine Geres.

Diante desse quadro, a especialista pode explicar com detalhes sobre como trabalhar e estimular a consciência crianças e adolescentes, assim como pais e responsáveis nesse processo de mediação e transformação da casa em ambiente de alfabetização.

 

Edilaine Geres – Psicopedagoga, pedagoga atuante no ensino fundamental anos inicias. Formada inicialmente no magistério pelo CEFAM (Centro de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério), atuou em escolas particulares, proprietária de Escola de Educação Infantil em Bastos/SP, onde reside e leciona atualmente. Atuou como coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental e como Assessora Técnica Pedagógica, atualmente ministra formação on-line para professores alfabetizadores. Formada em Libras, pós-graduanda em ABA para autismo e Deficiência Intelectual. Autora de projeto social “Aluno Fora de Série” para ajudar crianças carentes com atendimento psicopedagógico gratuito. Coautora do livro “Autismo: Um olhar por inteiro”, pela Literare Books International.

Edilaine Geres também está apta e disponível para matérias que abordem as temáticas:

– Alfabetização;

– Educação Infantil;

– Alfabetização na educação infantil;

– Autismo;

– Dislexia;

– Dificuldades de aprendizagens;

– Libras;

– Formação de professores alfabetizadores;

– Alfabetização EJA (jovens e adultos);

– Inclusão escolar;

– Psicopedagogia.

Fico à disposição para agendamento de entrevistas com a especialista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?