Startup deve transportar 140 mil viajantes entre 25 de fevereiro e 6 de março divulgação Buser

Mesmo com o feriado “cancelado” em vários estados, Buser espera aumento de 30% no volume de passageiros na semana do Carnaval

Reservas para os próximos dias devem chegar a 140 mil. São Paulo e Minas são os estados com maior movimento na plataforma de intermediação de viagens de ônibus

Mesmo com os cancelamentos das festas de Carnaval – e até do feriado, que deixou de ser ponto facultativo em alguns estados, devido ao avanço da variante ômicron – a Buser espera um feriado movimentado. Maior plataforma de intermediação de viagens rodoviárias do Brasil, a startup deve transportar 140 mil viajantes entre os dias 25 de fevereiro e 6 de março. Comparando com a mesma semana de Carnaval do ano passado, o crescimento será de 30%.

“É um crescimento mais conservador frente ao que vimos no último Natal e Ano Novo, por exemplo. E isso tem relação direta com a pandemia, claro, e com o calendário das festas de Carnaval. De qualquer forma, as pessoas vêm mostrando mais confiança, à medida que a vacinação avança, e foi natural voltarem a viajar. O turismo rodoviário está aquecido e a nossa plataforma surge como opção econômica e segura nesse contexto”, afirma Marcelo Vasconcellos, cofundador da Buser.

A empresa, que não opera com frota fixa (já que seu modelo envolve uma rede de empresas de fretamento parceiras), costuma convocar ônibus extras em datas como essa para dar conta do movimento. Para este feriado, estão sendo convocados 230 veículos, chegando a mais de 1.000 ônibus em circulação.

Entre os trechos com maior número de reservas estão as viagens entre Rio de Janeiro e São Paulo, Belo Horizonte (MG) e Rio, Belo Horizonte e Cabo Frio (RJ), Belo Horizonte e Vitória (ES), além de Belo Horizonte e Guarapari (ES), e Vitória e Rio de Janeiro (sempre nos dois sentidos, ida e volta).

Somente nesta sexta (25/2), a expectativa da Buser é bater a marca de 40 mil passageiros transportados, número parecido com o alcançado no feriado de Proclamação da República, em 15 de Novembro do ano passado, quando pouco mais de 42 mil pessoas viajaram por intermédio da plataforma.

Reforço no atendimento
A startup, que recentemente expandiu a área de atendimento ao cliente, passando a contar com mais de 90 funcionários, irá reforçar o esquema de plantão no feriado, com escalas maiores, cobrindo todos os horários de viagens durante o período. Especialmente entre a sexta (25/2) e terça-feira (1°/3), que são os dias de maior movimento, as equipes, que normalmente já se revezam no plantão 24h x 7, estarão ainda mais dedicadas. O objetivo é trazer agilidade à experiência com o cliente e reduzir ainda mais o tempo de resposta às demandas que podem surgir pelos canais oficiais, incluindo aplicativo, site (chat) e WhatsApp.

Sobre a Buser
A Buser nasceu com a missão de promover serviços de transporte melhores e a preços mais acessíveis. Nos três primeiros anos de atividade, a empresa promoveu o fretamento colaborativo com uma plataforma para conectar viajantes a empresas de ônibus no qual os passageiros dividem a conta final do fretamento. Em 2021, a startup evoluiu, passando a ser uma plataforma de mobilidade coletiva multisserviços, atuando também como marketplace de passagens de ônibus, em parceria com grandes companhias, e agora com o Buser Encomendas. Com mais de 6 milhões de pessoas cadastradas na plataforma digital, a empresa conta com cerca de 400 parceiros (entre fretadores e viações maiores), utilizando cerca de 1.000 ônibus. Para mais informações, acesse: www.buser.com.br.

Startup deve transportar 140 mil viajantes entre 25 de fevereiro e 6 de março
divulgação Buser
Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?