Mudança histórica no Mundo Miss

Avatar photo
Évelym Ferreira
12/08/2022
Tempo de leitura: 2 minutes

Miss Universo permitirá que mães e mulheres gestantes participem do certame de Miss, após processo judicial.

Até então, tanto o Miss Universo quanto suas edições locais e nacionais não permitiam a participação de mulheres grávidas ou que tivessem dado à luz em algum momento de suas vidas ou que fossem simplesmente mães ou responsáveis por um menor.
Aconteceu, no início deste ano uma denuncia de uma advogada americana, Allred aos organizadores do Miss Califórnia, a edição estadual do Miss Universo, ao Departamento de Habitação e Emprego Justo da Califórnia (DFEH). A advogada decidiu enfrentar o famoso concurso depois que uma modelo, Andrea Quiroga, procurou seu escritório porque não pôde concorrer ao concurso por ter sido mãe anos atrás. A denúncia gerou uma investigação porque a regra poderia violar a Lei dos Direitos Civis do estado.
“Lutamos para eliminar uma prática que discriminava muitas mulheres e conseguimos uma vitória não apenas para mulheres nos Estados Unidos, mas também em muitos outros países”, afirmou a advogada Gloria Allred em uma coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira em Los Angeles.

Gloria Rachel Allred