Prendas canoenses representam a 12ª Região Tradicionalista

Avatar photo
Leci da Silva
11/07/2022
Tempo de leitura: 2 minutes

Por Leci da Silva

O gaúcho, ao se espalhar pelo planeta, leva sua tradição, leva a cultura tradicionalista gaúcha mundo à fora, a exemplo dos CTGs (Centro de Tradições Gaúchas), cujo total no mundo já se aproxima de 4.000, sendo metade aqui no Rio Grande Sul, perto de 800 nos outros estados brasileiros e algo em torno de 1.200 em outros países.  Mas aqui, no nosso pago, cultuamos o tradicionalismo, sendo gaúchos e gaúchas, prendas e peões, desde “pequeninos”.

E Canoas está muito bem representada na cultura nativista.  Na 52ª Ciranda Cultural de Prendas, realizada no mês de junho, em Passo Fundo, o CTG Mata Nativa, de Canoas, emplacou, como representantes da 12ª Região Tradicionalista, como Primeira Prenda Mirim Manuela Moiano (11 anos), além da Prenda Pré-Mirim Vitória da Silva Machado (9 anos) e a Primeira Prenda Juvenil Giordana Costa Oliveira (14 anos).

A 12ª Região Tradicionalista abrange os municípios de Canoas, Nova Santa Rita, Esteio, Sapucaia do Sul e São Leopoldo, sendo uma das 30 Regiões que compõem o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG).

As escolhidas na 52ª Ciranda em Passo Fundo, representantes de cada uma das 30 Regiões, participarão, em 2023, em Rio Grande, de concurso estadual, no qual serão testadas em provas de conhecimento (história gaúcha e geografia do nosso estado), além de provas de dança.