Saiba como manter uma alimentação saudável no inverno

Sabe aquela história de que a gente sente mais vontade de comer no inverno? Ela não só é verdade como também é explicada por uma necessidade do organismo. A chegada do frio exige que o corpo aumente o consumo de energia para conseguir se aquecer, o que faz as pessoas comerem mais e optarem por refeições mais calóricas. Por isso, é ainda mais necessário prestar atenção no que comemos (ou não) nesse período: “Com a temperatura mais baixa, é muito comum as pessoas deixarem de consumir alguns alimentos ou grupos alimentares como frutas, vegetais, bem como manter a hidratação”, explica a nutricionista do Sesc Cachoeira do Sul, Débora Martins. Abaixo, ela apresenta dicas de como cuidar da alimentação na estação mais fria do ano.

Para quem procura atendimento personalizado para montar um cardápio saboroso e nutritivo, o Espaço + Saúde oferece consultas nutricionais no Sesc Cachoeira do Sul (Rua Sete de Setembro, 1324). O agendamento pode ser feito pelo telefone (51) 3722-5795 ou pelo WhatsApp (51) 99399-3266.

Invista nas sopas

Caldos e sopas são pratos típicos do inverno e ótimas opções para incluir no cardápio. Podem ser muito nutritivos e excelentes aliados da saúde quando bem-preparados. Associe às sopas vegetais variados e carne magra, e não exagere nos carboidratos (escolha um apenas: ou batata ou massa ou aipim, por exemplo). Para ajudar na preparação, segue uma receita de sopa funcional:

Ingredientes: ½ repolho pequeno, 1 cenoura, 1 chuchu, 1 xícara de cabotiá, 250g de frango, cebola, alho e tempero verde à vontade

Modo de fazer: refogue o frango na cebola e no alho, após acrescente os legumes cortados e coloque água o suficiente até cozinhar. Se preferir, pode bater a sopa no liquidificador.

Insira gorduras boas nas pequenas refeições

Um excelente item para incluir nas pequenas refeições do dia são as oleaginosas (nozes e castanhas, por exemplo). Utilize estas opções nas vitaminas, junto às frutas e/ou iogurte, até mesmo para incrementar as saladas.

Não deixe as frutas e vegetais de lado

Para as refeições intermediárias, como os lanches, você pode optar por frutas passas, bem como utilizar as frutas aquecidas: a banana pode ser assada ou aquecida (no micro-ondas ou na frigideira antiaderente), com canela ou cacau. Isso serve para os vegetais, mas nas grandes refeições: estes podem ser feitos no forno ou incluídos em preparações quentes, como sopas, omeletes, sanduíches e suflês.

Hidrate-se sempre

Com o clima frio, a vontade de beber água pode não aparecer tanto quanto no verão – mas isso não quer dizer que a necessidade de se manter hidratado diminui. Coloque água perto de você e fracione em volumes menores ao longo do dia.

Varie sua alimentação

Dê preferência aos alimentos da estação (em julho, alguns deles são abacate, laranja, maracujá, bergamota, morango, agrião, batata doce, brócolis, couve, aipim e nabo), inove nas preparações culinárias, planeje suas compras e suas refeições e aproveite a culinária do inverno com prazer e atenção.

Mesmo em meio à pandemia, o Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac segue próximo da comunidade gaúcha. Seguindo as recomendações das autoridades e mantendo os cuidados com a saúde de todos, os serviços continuam sendo entregues e fizeram diferença na vida de milhares de pessoas em 2020, que passaram a ter à disposição alternativas virtuais de produtos e serviços. O portal www.pertodevc.com.br segue com programação on-line e gratuita em variadas áreas como: empreendedorismo, educação, esporte, saúde, cultura, lazer e ação social.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?