Transparência ao processo

Avatar photo
Leci da Silva
12/09/2022
Tempo de leitura: 2 minutes

Quem comprar os tokens não-fungíveis passa a ter a propriedade de acesso ao clube com vagas limitadas. A arte exclusiva do Kofre NFT Club e os metadados, ou seja, as informações que descrevem o que esse ativo digital está representando, ficarão armazenadas de forma transparente em IPFS: um serviço que permite ao proprietário acessar seu ativo estando conectado à internet ou não.

Outro diferencial do Kofre NFT Club é que já nascem carbono zero: as emissões geradas no processo de “mintar” os NFTs são compensadas com MCO2, token de crédito de carbono criado pela OnePercent para a climatech Moss, que já destinou mais de 150 milhões de reais para projetos de conservação na Amazônia.

A rede Polygon foi a escolhida para a “mintagem” dos NFTs. Isso pelo fato de ser uma solução que depende de um modelo de consenso chamado proof of stake (ou PoS), que é mais favorável ao meio ambiente, e ainda apoiado pela segurança da rede Ethereum.

A OnePercent é rastreabilidade de produtos. Liderada por especialistas com mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento de software e negócios na área de TI, apoia outros negócios a construírem soluções em Web3 a partir da Venture Builder e constrói soluções customizadas na Rarum, plataforma de NFTs sustentável. Proporcionando aos usuários acesso à tecnologia blockchain em soluções conjuntas com plataformas mobile, web, APIs e sistemas legados, para criar uma economia global nova e mais democrática.