Colégio Santa Inês completa 75 anos de trajetória voltada para a educação integral de crianças e jovens

O Colégio Santa Inês, com grande tradição em educação em Porto Alegre, completa 75 anos de história nesta quinta-feira, 9 de setembro

O Colégio Santa Inês, com grande tradição em educação em Porto Alegre, completa 75 anos de história nesta quinta-feira, 9 de setembro, com uma trajetória dedicada à formação integral de crianças e jovens nas suas diferentes etapas da vida. Com a aquisição da Chácara das Camélias, foi fundado em setembro de 1946. Na ocasião, a Irmã Maria Michaelis Back assumiu como diretora, formando comunidade com outras colegas Irmãs, que vieram como missionárias da Alemanha. Assim, iniciou-se a missão de educar, com 73 crianças, no Bairro Petrópolis. Desde então, o Colégio é mantido pela Congregação das Irmãs Escolares de Nossa Senhora (IENS).
    Em seus 75 anos de história, o Colégio se transformou, mas o principal, o compromisso com a educação integral dos estudantes, permaneceu. A crença e a missão da fundadora da Congregação, Madre Teresa de Jesus Gerhardinger, que dizia “precisamos dar às crianças não apenas a cultura exterior, que lhes permita brilhar no mundo, mas, principalmente, torná-las membros eficientes da sociedade”, seguem até hoje na essência da instituição e no coração dos professores e colaboradores do Colégio. Em 1954, foi fundado o Ginásio Santa Inês que, em 1961, passou a se chamar Colégio Santa Inês. Muitas foram as mudanças em função das legislações e das necessidades da comunidade do Bairro Petrópolis.
Em meados de 1964, a Irmã Sônia Haydê Randazzo assumiu a Direção do Curso Primário, momento em que foi preciso dividir responsabilidades com o crescimento da escola em todos os sentidos: tamanho, qualidade e desafios pedagógicos a fim de desenvolver uma educação integral e de vanguarda na área educativa como a fundadora preconizava. “Nosso propósito educacional segue sendo formar cidadãos íntegros e de forma integral, para que façam a diferença na sociedade e no mundo”, ressalta a atual diretora da Colégio, Ir. Celassi Dalpiaz. Hoje, com ambientes modernizados e com a tecnologia aliada à educação, os estudantes passaram a ser vistos como cidadãos globais, necessitando a criação de um programa Bilíngue para dar mais possibilidades de vivências interculturais e internacionais.
De acordo com a diretora, apesar dos desafios vividos por toda a população mundial em 2020, que seguiu em 2021, o Santa Inês manteve seu padrão de excelência utilizando a tecnologia e valorizando o saber pensar e a cidadania responsável que o momento de pandemia exige. “Fez-se necessário um novo olhar, que exige protagonismo e ousadia para nos reinventarmos e aprendermos a tecer novas teias de interdependência, alicerçadas em possibilidades colaborativas de criar, em prol do bem comum”, reflete a diretora.
Para comemorar o aniversário de 75 anos, o Colégio lançou a campanha #EufaçoParte, que visa o compartilhamento de vivências e lembranças das pessoas que fizeram e fazem parte da comunidade Inesiana, através de fotos, vídeos ou memórias. Uma exposição virtual também retoma a história da instituição. Ao longo do dia, seguindo os protocolos de segurança, as turmas dos diversos níveis de ensino irão realizar o plantio de 75 vasos de gerânios, que serão instalados na galeria do primeiro prédio construído, como uma homenagem ao crescimento de uma instituição que começou pequena. Uma live comemorativa será realizada a partir das 19h30min e transmitida ao vivo para a comunidade escolar através do YouTube do Colégio. E, para marcar as comemorações, será entregue aos inesianos o novíssimo E-class – Laboratório Interdisciplinar de Experimentações, que nasce com o desafio de aprender a aprender por meio das diferentes ciências, compreendendo que a problematização do conhecimento se acha no coração do problema da vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?