Depilação egípcia: conheça os benefícios da depilação com linha

O procedimento de depilação egípcia, conhecido popularmente como depilação à linha, apesar de recente no mercado, já caiu no gosto das pessoas. Isso se deve ao efeito parecido com o da depilação à cera, que arranca todos os pelos desde a raiz, inclusive os bem fininhos e difíceis de serem removidos. Para esclarecer mais sobre a técnica, a fundadora e CEO da rede de franquias Pello Menos, pioneira nos serviços de depilação à cera indolor e sem hora marcada no Brasil, Regina Jordão, destaca os principais benefícios do procedimento, confira:

Como funciona: O método pode ser utilizado para arrancar os pelos de qualquer área do corpo. Porém, é mais comum ser realizado na região do rosto (laterais), para depilação de buço e queixo. Os profissionais amarram as duas pontas da linha formando um cruzamento no qual os fios são fixados e, dessa forma, são cortados pela raiz. Também deve ser usada durante a depilação egípcia, necessariamente, uma linha de algodão ou poliéster, pois qualquer outro tipo de material poderá causar lesões na pele. Os resultados do procedimento tendem a durar aproximadamente 30 dias.

Depilação no rosto: Como já mencionado, a depilação egípcia pode ser utilizada em qualquer parte do corpo. Mas o rosto é um dos locais em que ela é mais utilizada, já que é uma técnica eficiente e capaz de tirar até mesmo aqueles pelos bem finos do rosto, como no buço – parte de cima da boca e a parte entre o queixo e a boca; no queixo e ao seu redor; e nas laterais da face. Também conhecido como lanugem, esses pelos fininhos no rosto incomodam as mulheres principalmente na hora da maquiagem. Sendo assim, esse método de depilação é preciso e possui uma excelente duração.

Principais benefícios: A depilação egípcia é indicada para qualquer pessoa e tem várias vantagens, sendo algumas delas: é higiênica e natural; não causa flacidez; não provoca manchas; deixa o pelo cada vez mais fino e fraco; não agride a pele. Outra vantagem é o fato de não ter nenhum tipo de restrição para a realização dele. A exposição ao sol, por exemplo, é um fator que restringe a prática de alguns métodos de depilação, como o laser. Já na depilação egípcia, mesmo quem se expôs ao sol recentemente ou algum procedimento estético, como um peeling, por exemplo, estão liberadas a realizar.

Cuidados antes e depois: Apesar de ser um dos métodos menos agressivos para a pele, por dificilmente irritar ou machucar a região após a sessão, não significa que não precise tomar alguns cuidados antes e depois do procedimento. A esfoliação na área a ser depilada é bem-vinda, pois facilita a remoção dos pelos com a linha. E mesmo que a pele não fique irritada após a sessão, é indicado o uso de algum tipo de creme hidratante que possa agir como um calmante.

Da história de ousadia da “mulher de mil e uma tarefas”, nasceu o Pello Menos, uma rede de franquias de depilação à cera que utiliza um produto desenvolvido exclusivamente para a rede, capaz de minimizar as dores do processo depilatório. Em 2021, incluiu a depilação a laser, mais uma opção para a mulher moderna. É a única, entre as redes de franquias, a oferecer um plano de assinatura mensal com descontos fixos. Atualmente conta com mais de 50 unidades, nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. Informações: www.pellomenos.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?