Processed with VSCO with a5 preset

Outono: época ideal para tratamentos de pele também requer cuidados

Mesmo com dias mais frios, a incidência de radiação ultravioleta ainda é muito alta, por isso o filtro solar não deve ser esquecido

A chegada do outono traz um clima seco, com temperaturas mais amenas. E esse clima é considerado por dermatologistas um bom momento para realizar alguns tratamentos de pele, já que a menor incidência de raios solares nessa época do ano atinge a pele de forma menos agressiva, contribuindo para a eficácia dos tratamentos. “Quando chega o mês de março, a gente já começa a perceber um aumento na procura de pacientes que querem fazer procedimentos, sejam eles estéticos ou para tratar algum tipo de problema de pele. É uma época em que eles se expõem menos ao sol e acabam seguindo o tratamento à risca”, afirma o dermatologista Victor Fernandes, da Unique Dermatologia.

Victor lembra que mesmo que a temperatura mais amena do outono seja ideal para realizar os tratamentos, é preciso manter cuidados que mesclem a proteção contra raios solares, ventos frios e baixa umidade: “Mesmo nos dias frios e nublados não podemos esquecer de usar o protetor solar. Faça chuva, faça sol, não dá pra sair de casa sem ele – e lembrar de repassá-lo a cada 2 horas”, diz.

O dermatologista deu ainda outras dicas importantes:

– Não tome banhos quentes muito demorados. Prefira a água morna ou fria e não estenda o banho por mais de 10 minutos para evitar o ressecamento da pele.

– Utilize hidratantes corporais logo após o banho e com a pele ainda úmida; isso vai potencializar o poder do cosmético. Para peles mais ressecadas, prefira cremes e pomadas com ingredientes que favoreçam a hidratação profunda.

– Dispense as buchas, pois elas causam uma limpeza agressiva e retiram mais ainda os fatores de hidratação da pele.

– Procure usar sabonetes neutros/suaves, tanto para o corpo quanto para o rosto, que não retirem a oleosidade natural da pele.

– Use protetor labial.

– Tenha uma alimentação saudável.

Para finalizar, o dermatologista lembra que cada paciente possui um tipo de pele e que os tratamentos variam de pessoa pra pessoa. “Cada caso é um caso. Por isso, é importante consultar o seu dermatologista para saber mais detalhes de como cuidar da sua pele especificamente, não só durante o outono, como durante o resto do ano”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?