Sandi Adamiu é o primeiro presidente da recém-formada Associação da Orquestra Sinfônica Municipal de Paraty

A Orquestra Sinfônica Municipal de Paraty acaba de ganhar uma Associação com nomes de peso, que terá como primeiro presidente Sandi Adamiu, do Sandi Hotel. Entre os fundadores, agora membros da Associação, estão Sandra Foz, Carlos Sanchez, o casal Carmo e Jovelino Mineiro, Roberto Muylaert, Lírio Parisotto, João Camargo, Xandinho Negrão, Marcio Fraccaroli, Marcos Bitelli e a atriz paratiense Nanda Costa. Rosana Camargo de Arruda Botelho, por sua vez, colaborou com a Associação com a doação de um piano Steinway de meia cauda para a Orquestra, que também abriga uma escola de música. Com a estrutura jurídica feita pelo escritor Mattos Filho, um dos melhores do Brasil no terceiro setor, a iniciativa integra uma sinfonia que reúne os setores público e privado, desde 2021, regulamentada por uma Lei Municipal recentemente aprovada, com o apoio do prefeito Luciano Vidal. Sob a batuta do maestro Weslem Daniel, musicista desde os 9 anos, A Orquestra conta com 60 jovens aprendizes e músicos de diversos bairros da cidade. O plano é expandir para bairros periféricos como Condado e regiões litorâneas, a exemplo de Pouso da Cajaíba e Praia do Sono. “O que nos inspira é fomentar a cultura local, contribuindo para o desenvolvimento de crianças e jovens de Paraty, e associar a cidade histórica à música erudita”, diz Sandi Adamiu.

 

 

Abrir chat
Olá, podemos ajudar?
Olá, podemos te ajudar?