Rasgue o Cheque

Avatar photo
Ronan Mairesse
12/04/2022
Tempo de leitura: 3 minutes

 

Uma das maiores dificuldades do ser humano é perdoar e deixar a mágoa passar. O ego ferido adora nutrir esses dois sentimentos levando com que a pessoa deseje fortemente a vingança e o mal da outra pessoa. Ficar remoendo dentro do peito sentimentos ruins só fazem a gente tirar o foco do que é importante, pois a nossa concentração, ao invés de estar focada no que desejamos e sonhamos, acaba focando naquilo que está guardado de forma negativa, atrapalhando assim a mente de pensar no que é preciso para sermos felizes de verdade. Uma pessoa rancorosa não consegue ver o lado bom das pessoas e apenas percebe suas falhas e fraquezas sem lembrar que aquele é um ser humano falho e que temos a oportunidade de ajudar.
Além de guardar dentro de si todo esse sentimento devastador de energia, uma pessoa que não perdoa e é rancorosa, tem pouca capacidade de agradecer aquilo que tem na vida. Para sermos felizes, é preciso ter compaixão e aceitar que ninguém é perfeito e que é preciso relevar muitas coisas se realmente queremos criar laços importantes que nos ajudem a chegar onde desejamos. Não estou dizendo que você tenha que aceitar tudo de ruim que as pessoas te fazem, mas entender que se a pessoa falhou com você é preciso deixar o sentimento ruim fluir da mesma forma como a água do rio trata de se purificar a cada metro que percorre suas encostas. Perdoar não significa andar de mãos dadas novamente, mas se libertar da mágoa e deixar a vida seguir com a sabedoria de quem passou por uma momento delicado em termos de relacionamento.
Infelizmente existem pessoas que adoram pensar, falar e contar das suas mágoas como se fossem troféus, trazendo um clima negativo para a sua realidade. Não podemos colecionar esses sentimentos como se fossem cheques sem fundo em uma gaveta, onde toda vez que a abrimos lembramos das pessoas que nos devem há anos e não querem nos pagar. Se aquelas pessoas te devem, você já cobrou e agora não atendem mais o seu telefone depois de anos, é preciso rasgar aquele cheque, pois a energia que você concentra naquilo te desvia do que é importante.
Não estou dizendo que você não deve cobrar quem te deve, o que quero dizer que existem pessoas que não valem mais a pena termos contato e investirmos o nosso tempo e a nossa energia vital em alguém que não se importa com as outras. Assim como os cheques, existem situações que você também deve rasgar, parar de investir o seu tempo e atenção. Muitas vezes rasgar o cheque significa também perdoar totalmente a pessoa, colocar uma pedra em cima, recomeçar do zero, dar um voto de confiança. Acredite, as pessoas mudam. Você é diferente hoje do que você foi a um ano atrás. Rasgue o cheque, seja para recomeçar ou tirar totalmente aquela pessoa ou problema na sua vida, o que não pode é você continuar investindo em algo que te dá como “lucro” cada vez mais mágoa e raiva em seu dia a dia.